5 coisas para NÃO se falar para uma grávida (do ponto de vista emocional)


Quem aí já recebeu alguma dica ou conselho DESNECESSÁRIO durante a gravidez?

Listamos aqui algumas coisas do que NUNCA DIZER a uma gestante.

Minha gente, sabemos que a intenção (da conselheira) é de ajudar, mas calma lá, tem gente que passa do limite com os comentários inapropriados.

Vamos lá?!

1) Seu casamento vai acabar, pois sua relação muda depois que o bebê nasce.

O casamento muda o tempo todo, pois as pessoas estão em total movimento (ainda bem), somos seres humanos, mudamos de opinião, mudamos de gostos e o casamento, que nada mais é do que a união de duas pessoas, também passa por transformações sempre.

Com a chegada do bebê, os casais também estão aptos a organizarem suas emoções e espaços para receberem mais um membro dentro desta instituição.

Portanto, moderação ao relacionar a chegada do bebê com alguma crise do casal.

Tudo é uma questão de tempo, organização e muito amor.

Aos poucos encontramos novos caminhos e novos espaços.

2) Seu corpo nunca mais será o mesmo, você tinha um corpo tão lindo...

Também não é bem assim! Ainda mais hoje com tantos tratamentos estéticos.

O corpo da mulher leva um certo tempo para voltar à tônica inicial antes da gravidez (como as simples mortais, sobretudo), demora cerca de 1 ano para que o abdome volte por completo ao local inicial.

Estrias e celulites que apareceram depois da gravidez podem ser minimizadas ou eliminadas por tratamentos estéticos, mas o mais importante disso tudo é não entrar em crise.

Curta a sua fase pós-parto com paciência, ela vai passar como qualquer outra!

Converse com o seu médico também para que ele possa avaliar o momento certo de você iniciar certos tratamentos.

3) Não conta pra ninguém ainda, pois você pode perder.

Essa é uma das piores, chega a ser cruel falar algo assim para uma gestante!

O momento de contar ou não contar é uma decisão da gestante ou do casal! E ninguém deve interferir nesta decisão e neste momento tão especial na vida deles.

Sem mais comentários, ok?

4) Foi planejado? Mas tão próximo do outro? Mais um?? Sabe quem é o pai? Foi antes ou depois de casar?

Queridos e queridas, a hora, o local e a razão realmente é uma escolha que parte de cada uma ou de cada casal.

Se foi planejado ou não.

Se foi próximo de outra gravidez.

Se foi uma relação sexual eventual.

Tudo isso diz respeito aquele casal ou aquela mulher, então, tenham o mínimo de bom senso e preservem o direito do silêncio dela.

Se querem ajudar acolham apenas com um abraço ou um olhar de carinho e só! Apenas se pronuncie se lhe for solicitado.

Qualquer gravidez é uma fase de mudanças intensas (externas e internas), e neste caso o melhor que temos a fazer é oferecer nosso cuidado e apoio.